Duas Rosas

Um grande amor não morre, apenas adormece...

O real significado de duas rosas

Duas Rosas celebram na minha vida e da Maria, o nosso reencontro após longos 33 anos distantes um do outro. Duas rosas representa um novo tempo de amor, ações, reações, saudades, surpresas, novas esperanças de novos horizontes, significa o beijo perdido e não nos dado por 33 anos, também representa o beijo dado após 33 anos de 33 anos perdidos. Duas rosas é mais do que isso, também! Duas rosas é o inicio como pode ser o fim! Duas rosas é vida, vida alegria e vida por viver. Duas rosas é o nosso relacionamento de amizade, de carinho, de dedicação, de compreensão, de solidariedade, de gratidão e de muito amor. Duas rosas somos nós com nossos acertos, nossos defeitos, nossas manias, nossas crendices e nossas falsas liberdades ou liberdades propriamente ditas! Duas rosas é querer bem incondicionalmente a nada, só querer bem já é suficiente. Duas rosas é respeitar seu próprio sentimento seja ele de amor, desamor ou indiferença, o que importa mesmo é o que você criatura sente e te faz bem em senti-lo.Duas rosas só aconselha a não ser o portador da sua própria infelicidade! Pois somos os


Mário Augusto de Souza
únicos responsáveis pelo nosso próprio bem-estar! Amas alguém ame o máximo, sinta-o o máximo, e não exija nada dele o máximo também. Se não está amando ninguém, não esqueça de você próprio, reverta o amor só pra si, ame-se o máximo. Duas rosas particularmente acha que você deve ser narcisista sempre! Ame-se em primeiro lugar pra depois amar os outros. Duas rosas, às vezes, é meio complexa, não é mesmo? Ou quem sabe; não seja tão insana por pensar assim? Duas rosas ao mesmo tempo que é felicidade, pode não sê-la mais ou melhor pode ser indiferente. Por isso eu afirmo dê valor sempre ao que você sente e não o que o outro sente. Pois amor não se mede nem se troca ou tão pouco é mercadoria que se vende por um preço. Pense sempre no que é bom pra você! Pergunte-se: isso é bom pra mim? Me faz bem? Se a resposta for sim vai fundo! Por aí afora! Duas rosas é também saber que amor não se dá se doa, quem doa doa e nada mais! Duas rosas é amar e ser amado por doação e não por obrigação, como infelizmente confundimos pra caramba! Duas rosas é a liberdade pra respirar, viver e crescer ao longo dos ensinamentos herdados da nossa própria vida! A tal experiência de vida! Tem pessoas e pessoas, e aquelas em que a vida passa e morrem da mesma forma que a iniciou! Não precisa ser sábio pra saber que sabedoria nunca é demais! Duas rosas na verdade não é pluralizada, é singular, é um só sentimento incorporado de todos os outros sentimentos em uma só rosa! Duas rosas é reflexão para postulação do amor verdadeiro! O amor doação!

Eu te amo te amar
















Te vejo como meu desejo,
Mais precioso, lindo e delicado...
Teus olhos como pérolas
Belos como a beleza do mar...
Teus cabelos pretos,
Tua boca prazerosa,
Teu sorriso vivo,
Teu nariz afilado,
Combinam como arte viva...
Uma pintura natural da vida...
Misteriosa, racional, enigmática e desejada...
Teu corpo ideal para altura,
Explode a vontade do sempre tê-la,
Quando longe a saudade é solidão,
Quando presente tem-se medo da saudade...
Deitado a detalhar teu corpo,
De uma visão panorâmica entre seios,
Coxas e entranhas,
Nas proporções ideais de êxtase e prazer,
Teus beijos, carícias e erogenidade...
Faz-nos viajar na maratona de amar...
Amar por sermos amados, amantes por amar nosso amor...
E como sempre o sono esquecido é prêmio do cansaço...
Transformando a noite em dia e o dia sempre em sol,
Nosso prazer é insaciável,
Nossa vontade mais desejosa,
Nossos corpos cada vez mais quentes, de uma noite sem fim...
Eu sempre te quero e você mais ainda,
Quanto mais nos sentimos mais nos queremos,
Diante dessa magnitude amorosa, "Amor da Minha Vida"
Eu só posso lhe dizer uma coisa, linda:
Eu te amo te amar...

Mário Augusto de Souza

Há muitos espinhos no caminho da rosa

Quem fala expõe a alma...
Quem cala expõe a vida...
Por quê não ser quem fala e quem cala? Por que não?
A fala emudece a vida, e o silêncio emudece a alma...
A alma é a minha vida e a minha vida segue distante...

 Mário Augusto de Souza - 19/11/2014

Aqui Saudades me tens de regresso!

















Aqui encontrei o meu mar da tranquilidade,
Onde a calmaria ostenta a paz como bandeira,
Onde a beleza das suas paisagens são inigualáveis,
Onde a palavra dos sentimentos se faz ouvir,
Onde o amor é dádiva real de valor da língua falada,
Onde valor não é sinônimo de bolso,
Onde valor é seu melhor expresso em amor,
Onde o bem prevalece por solo existir,
Onde todos são felizes condicionados a nada,
Aqui agora é a minha morada,
Aqui agora é a minha Saudades...
Aqui, Saudades é o bem mais precioso da racionalidade,
Aqui não há truques, estratégias, falsidades ou “seus outros conceitos”,
Aqui a vida é doce-bela-feliz,
Aqui os pássaros dão concertos ao nascer das manhãs,
Aqui o vento balança as árvores levando consigo seu canto-vida,
Aqui eu me acho, aqui eu me encontro, na mesma identidade.
Aqui sou um simples poeta como todos daqui,
Aqui por felicidade aprendi adorar o verdadeiro sentido da vida...
Aqui Saudades me tens de regresso!

Mário Augusto de Souza

Nem toda razão é certeza e nem toda certeza é razão


















O terror do ser humano é a sua própria mente,
A mente é dotada de tudo,
Uma infinitude do bem e do mal,
Por ela tomamos decisões das mais agradavéis,
Como das mais nocivas ao ser,
Vejam com mais clareza em detalhes
Quando somos surpreendidos pelo sentimento do arrependimento,
Após tomarmos uma atitude convicto de certezas e razões,
Concluirmos o que era certo, momentos atrás, está errado e não era nada daquilo.
Fomos traído pela nossa própria mente?

Dizem os mais pródigos que a mente impera dois reinos,
O do céu e o da terra... Deus de um lado e o diabo do outro,
E que eles estão em constantes conflitos, uma guerra espiritual,
Onde admita nem toda razão é certeza e nem toda certeza é razão.
Cuidado com seus atos, suas atitudes, seja prudente,
Nunca se atire nas suas razões por ímpeto, seja reflexivo, pense,
Dê um tempo para seus atos e atitudes, pelo menos 24 horas para agir...
Com certeza, você se surpreenderá, após uma boa noite de sono.
Novos horizontes se abrirão "do nada" para suas novas escolhas...
E voce se questionará: por que eu iria fazer essa besteira?
Eu tenho uma explicação: demônios se alimentam das nossas
Incertezas, medos, dúvidas, ódios, egoísmos, ambições, desejos carnais, e etc...
Sintetizando, somos todos usados pelas entidades espirituais em guerra.
Quando estamos acordados o intelecto-mente-mundo está ligado e operante,
É do mundo, e do mundo ao mundo! Um alvo perfeito para as maldades.
E quando dormimos o intelecto não é mais nem mental nem do mundo é espiritual.
A essência original da criação é o intelecto-espiritual-celestial onde Deus opera.
Você perguntará: como assim?
Todos seres humanos são impuros de coração, falo de pensamentos, desejos e vontades,
Por maior grau evolutivo espiritual o ser é carnal atrelado aos seus desejos, vontades e pensamentos.
A maldade espiritual alimenta-se e fortifica-se através da mente carnal,
A porta (desejos, vontades e pensamentos),
Interferindo nos nossos pensamentos e concomitantemente nos nossos atos e atitudes.
Nos estimulam a fazer o que eles querem, e não verdadeiramente nós.
Quando a mente-carnal está acordada e operativa,
Somos usados em todos momentos, em todo lugar... Não importa aonde estejamos
Até mesmo em ambientes celestiais - cito as igrejas - somos usados,
Agora mesmo, quantos estão tentando interferir no que escrevo, ou mesmo usado.
Onde admita nem toda razão é certeza e nem toda certeza é razão.
Só temos paz, mesmo, quando dormimos, e estamos entregues ao bem-celestial,
É por isso quando acordamos sentimos um vigor energético diferente e pensamentos suaves
Por que quando dormimos o bem espiritual opera e nos liberta de várias situações,
Desde as mais simples as mais complexas ao entendimento puramente humano.
A maioria das pessoas vão dizer esse cara é louco, mais com certeza que não sou,
Você mesmo já deve ter comprovado,
Soluções milagrosas para sua vida após uma boa noite de sono.
Então admita nem toda razão é certeza e nem toda certeza é razão.
Conselho: Reflita bem antes de tomar qualquer decisão na sua vida,
Se possível, durma e descanse bem antes de agir, para que depois não se arrependa em vão!

Mário Augusto de Souza

Os "Olhos da Verdade" são os "Olhos da Inteligência"

Só posso ser irracional,
Quando me prosto na inteligência,
E vejo que o pior inimigo,
É o amigo ao lado de poucas verdades,
O calar doe ao espírito, fere a alma e machuca o corpo,
Mas a convêniencia por felicidade se faz assim,
Simplesmente calado ou abafado o grito de um sentido,
No melhor do melhor sou cada ser o ser egoísta,
Longe do que se busca quando perto atropelado,
Pelos outros só seus o que só a te realiza de felicidades,
E confunde-se como o todo... Omissos ou omissores da verdade,
Infelizmente os "Olhos da Verdade" são os "Olhos da Inteligência",
E o secreto de "algos segredos" é desmascarado,
Na forma mais absurda e rídicula... Simplesmente pelo agir,
Infelizmente os "Olhos da Verdade" são os "Olhos da Inteligência....

A hipocrisia não é justa prá essas vidas!


Mário Augusto de Souza 16/03/2009 às 15:37hs


A magia de amar você


















A magia de amar você,
Faz-nos unânimes de certezas...
Somos cúmplices por inteiro,
As partes metade de um sentido único...
Nós nos precisamos mais pela alma do amor,
Os prazeres naturais são como um brindar do principal...
Não somos iludidos por fantasiar o belo,
Somos o alimento que fortalece nossas vidas de vida....
A beleza de amar o nosso amor foge do entendimento natural,
É desejar sempre a felicidade do outro incondicionalmente das nossas próprias razões!
É mentalizar a experiência de fazer-se feliz estando o outro feliz...
É quando a grandeza do ser converge das verdades subconscientes,
E aporta na consciência de um paraíso inexplorado,
É vivenciar a união-alegria encarnada de felicidades desejadas,
É abrir o peito e gritar para si o amor que tens encontrado no coração,
É fazer da nossa sinceridade ser sempre fidedigna de amor para o nosso amor!

Mário Augusto de Souza

Nunca, jamais, mentiras!

Se tens liberdade plena, jamais mentirá...
Não há proibições na cabeça, há liberdade ...
Se há mentiras não existe aceitação da liberdade...
A mentira nega a própria natureza da liberdade...
Se és liberto jamais mentirá...
Se mentes é porque não tens liberdade plena...


Mário Augusto de Souza
20/11/2009 às 16:25



O meu silêncio chora

Quando lágrimas derramo,
Meu silêncio chora,
Minha alma enlutecida,
Pede perdão à vida...
Como vivo morto agora és,

Meus ouvidos surdos calam a fala,
Meu corpo pára jogado numa cadeira ainda amiga.
Já não sou eu... sou a irrealidade real imaginária!
De quê também não sei!
Talvez as dores sofridas na alma sejam os meus executores...

Não há mais caminhos, só abismos,
Meu encontrar de muito longe o vejo...
Não acredito nesta vida como real...
Sou incrédulo, talvez até de mim mesmo...
Às vezes eu entendo os incrédulos!!!!



Mário Augusto de Souza 10/09/2009

Doença do tempo tem cura???

Não sei se meus pensamentos são vagos ou até mortais,
Mas a revolta aos poucos se alimenta da minha ira!
Nesse estágio tenho medo de mim mesmo...
As possibilidades são infinitas...
Tenho 53 anos e eles querem me executar... como peça velha!

Não me rendo, aos seus conceitos e preconceitos, não sou derrotado como tantos pensam e querem...
Não me farei de peça deste muséu como arte padecida do tempo, somos ao tempo...
Isso tudo é uma cena do meu Universo que passarão como eles um pouco mais a frente...
E nada significa ou significará para mais nada do que nunca foi dono...
Nada é pra sempre todos nós estamos no meio das profundezas movediças do tempo e vida...
É necessário colocar o grão de vida na mesa da alma, padecemos por tentar pensar...
Que somos os verdadeiros donos, que hoje podemos pegar, tomar posse pela força do suor...
Porém fizeram tudo, foram dono de tudo, mas não conseguiram domar ou ser o dono do tempo...
Não conseguem nem ser donos do seu próprio tempo...São donos de quê?
Se nem és dono de sua própria vida? Pergunta-se: Sua vida pertence a você?
Nós somos relativamente os segundos deste universo que não tem e não terá tempo para nos esperar...
Somos o processo químico-físico-espiritual-mental de Algo que brinca de vida conosco...
Somos suas marionetes... Ou será mesmo que fazemos o que queremos???? Tem certeza???
Somos seu brinquedo predileto terminal devorado pela doença tempo!
Somos criaturas inteligentes, o grau superior da vida... afinal somos a vida!!!???
A sua arte fica, permanecerá, até quando bem ela prospera e se faz útil, mas tudo e você vida morre engolida pelo seu próprio tempo!

Então não me faça de velho, pois já nascemos todos velhos condenados ao seu tempo!

Mário Augusto de Souza
25/09/2009 às 15:34 hs

Por quê sofrer? Se és naturalmente feliz!


















Todo processo de sofrimento do homem,
Compete-lhe a responsabilidade e execução ...
Se você come o certo, de forma certa, para manter seu corpo,
Naturalmente se sentirá bem, vigoroso, forte e cheio de energia.
O espírito da mesma forma, necessita do alimento certo na medida certa,

Com diferenças visíveis a partes.
O homem matéria-espírito ainda precisa aprender muito,
Sobre o verdadeiro alimento para uma vida na Terra prazerosa,
É-lhe concebido a autoridade perante a si mesmo,
Toda ingestão inapropriada ao homem é de sua responsabilidade,
Concomitantemente suas consequências...
A alma não precisa do alimento da matéria para sobreviver,
Mas precisa da sua base como referencial para sua existência,
Portanto você é o único responsável pela sua própria felicidade...
Corpo-Alma-Espírito são integralizavéis na concepção,
Portanto evitar atitudes, atos e vivências negativas ao referencial Maior,
É saber comer deste alimento corretamente.
Este é o seu Poder,
Poder para decidir,
Poder para fazer-te bem,
Poder para ter uma vida poderosa,
Poder para amar a si mesmo,
Poder para ter comunhão espiritual com seu Criador,
Poder para tudo e todos universalmente a mensurar a tua infinitude...
Tu és a chave evolutiva desta Máquina Complexa,
Cuja complexidade é expandida,
Ou pela tua própria falta de vontade "livre arbítrio ignorante",
Ou pela ingestão inconsciente de alimentos impróprios para consigo.
O homem intelectual ainda continua insistindo em pastar no gramado da ignorância!
Apesar, afirmo: da vida sê-la absolutamente tão simples e compreensível.

Mário Augusto de Souza

O que é mais importante para sua vida?

Duas Rosas: Qual é o grau de importância que as pessoas dão as coisas? Eu questiono aqui pra meus amigos leitores, tudo que sinto como um ser falível e como qualquer um dos mortais desse planeta. E declaro neste "meu sentir" com toda minha carga boa quanto ruim, o que eu acho mais importante na vida a ser vivida pelas importâncias dadas ou consagradas por nós, “às coisas”. Lógico! Coisas boas como também ruins!!! As ruins sempre predominam, por sermos como elas. Não tem razão declarar só coisas boas, e se fosse, macacos me mordam, seriam boas mesmo? Que referencial teria este para avaliar o lado bom; se ele é bom mesmo! Lógico que temos os lados ruins. Não existe santo vestido em carne! Você conhece algum? Não estou aqui para julgar ou avaliar e sim pra passar o que sinto dessa vida ou os ensinamentos dela outorgados a mim pelo sofrer ou pelo sorrir. Por motivos ou sem motivos relevantes porque algumas pessoas valorizam as coisa materiais como uma espécie de síndrome dos seus egos. Uma doença motivadora da violência desenfreada vivida pelo homem do século XXI. Atrelado a esse mal milhares se viciam em drogas por segundos, alguns tentam, inutilmente, esquecer suas próprias doenças ou insucessos numa viagem viva aos caminhos da morte... a própria ou de outrem não interessa!!! Viver é a subtração da sua própria indiferença!!! Tudo é tudo e como tudo também é simplesmente nada. Entenderam? Existem pessoas espetaculares, irmãs, queridas....muito legais mesmo... boa parte prazerosas de um bom papo, me fazem ri pra dedel, alguns se preocupam comigo e eu nem sempre também com eles, enfim tem pessoas que já foram tudo e são agora às vezes o quase tudo que resta, se é que ainda resta alguma ligação ou não. Mas também como eu cheias de defeitos. E como! Vou chamar esses defeitos de manias! Pra suavizar um pouco esse lado digamos não muito meu, mas também não tão difíceis de consertos. Pelo contrário, fáceis para alguns ou talvez fundidos e inseparáveis pra sempre pela arrogância imperial suprema de algumas pessoas! São elas que se acham donos e senhores da verdade. Formaliza-se o padrão criado autoritário de autoridades, pra sua defesa e agressividade de tudo e a todos! Inclusive para seus próprios sentimentos! Se couraçam de conceitos criados por elas próprias para justificarem seus medos e seus receios.. Amor muito foi dito na cama e se acabou ao sair dela como outros desejos alcançados e descartáveis por elas! Algumas sem valor moral algum e mesmo éticos, gozar pelo vício do prazer. Depois dali só amizades e as irmandades continuam só como conhecidos e morreu – Pra alguns sentimentos é um estado de espírito passageiro, “até pra muitos”!Enquanto poucos tem no sentimento de amor a essência da sua própria existência, essas são as ovelhas negras de luz na Terra. São pessoas como eu confesso, são movidas na amplitude dos seus sentidos, sentimentos, solidariedade, amor amigo-irmão, amor da pele, amor do prazer, amor dos céus, amor à natureza incondicional do ser. Ai eu lhe pergunto: Quais são os seus reais valores de importância pra sua vida? Será que se escravizar também a um amor paixão é bom ou ruim? Ou mesmo viver uma vida inteira ao lado de quem se ama e é amado verdadeiramente, isso pode ser chamado também de plenitude da felicidade da vida? Bom uma coisa eu sei e sinto: “As pessoas tornam-se importantes à medida que damos importância a elas” Tem pessoas que levam a vida na praticidade da descartabilidade – tudo normalmente é descartável até seus próprios sentimentos “são descartáveis” ou simplesmente substituídos temporariamente por outros... é uma questão só de tempo, serão descartáveis sucessivamente também. E tudo que foi descartado nada mais tem valor, simplesmente joga-se no lixo! Nada pra elas tem importância – afinal elas são a própria e única importância, elas mesmas. Eu as qualifico de turistas lunáticos da vida. Que se julgam sábias o bastante e penosamente nada sabem do seu próprio destino. Aquelas famosas armadilhas da vida, que todos nós um dia acabamos caindo nelas. Essas pessoas podem ter fins tão solitários e amargurados e descartáveis também. Só elas que não querem enxergar! A maquiagem dos seus eus em vida mostrarão suas realidades no final. Poucos, talvez, estenderão ainda suas mãos para lhes tirar do seu próprio abismo, ou mesmo ninguém – não terão mais tempo ou disposição para enfrentar seus falsos amores egocentristas – a vida é uma incógnita – o conteúdo das suas variáveis não nos pertence. Apesar de tantos avisos e mostras já terem batidos as suas portas, mantem-se irredutíveis nos seus posicionamentos autocráticos, de nada e por nada adiantará estes chamamentos – nada lhes sensibilizarão profundamente – a ponto de mudanças necessárias e radicais. Pois suas importâncias competi-lhes seu próprio julgar. Tantos sentimentos puros foram ofertados para elas, até um coração doador de amor, Deus as endereçou. Suas auto-importâncias continuam na insistência dos seus próprios caminhos da indiferença pra tudo... Seus valores só manifestam seus próprios interesses! Seu final infelizmente são tristes: serão devoradas pelo mundo do esquecimento ou pela sua própria descartabilidade! Ai eu pergunto: Você tem medo da velhice? Já se questionou como vai ser sua velhice? Será que vai ser com muita gente ao seu derredor ou sozinha mau acompanhada de uma tremenda solidão? Ou mesmo pensa que velhice é coisa só dos velhos! Ou talvez você nem se der ao desfrute da velhice, morra agora, amanhã ou quem sabe depois dos amanhãs! Não se sabe! Aí eu lhe pergunto o que realmente é importante nesta vida pra você? Seu carro, sua mansão, sua posição social, seu dinheiro! Ou tantas outras coisas passageiras num mundo só de ilusões! São tão valoravéis que você não consegue leva-los no caixão! As coisa materiais não nos pertence, e sim ao mundo! Quem é mais importante você ou que tens? Ou o tempo que lhes resta! Será que seus conceitos de importância são mesmos tão importantes assim? Espero que não! Desejo que seus maiores valores estejam imbuídos no seu próprio eu! Que eles sejam seus maiores bens, que sua vida seja uma grande árvore enraizada de felicidades, que seus frutos alimente você e os seus com o sabor da prosperidade do puro amor! Ai nos entenderemos, pois eu sou movido e só me movimento se houver amor! Sou totalmente dependente do amor! Sem ele eu simplesmente não sou nada! Não existiria! O amor é a minha maior importância de vida, amigos!

Mário Augusto de Souza

Sou o silêncio necessário d'alma

Sou o silêncio necessário d'alma
Que foi você, viveu você e amou você

Sou sua indiferença, sou sua frieza, sou seu desprezo
Sou o acolhedor ávido da frialdade no seio desta tristeza
Sou o amor morto na tumba fria das decepções
Sou o guardador eterno daquele amor imutável de infância
Sou o milagre vivo destruído pela insensatez das suas verdades

Sou o silêncio necessário d'alma
Que foi você, viveu você e amou você

Sou a insignificância sólida da razão da sua inconsciência
Sou quem abafou a verdade acampando dela a tristeza
Sou quem queria ser maior do que seus sonhos e morreu
Sou quem te amou tanto engolido pela frieza do seu desprezo
Sou o milagre vivo destruído pela insensatez das suas verdades

Sou o silêncio necessário d'alma
Que foi você, viveu você e amou você

Mário Augusto de Souza

Amor Possessivo



É tão bom está amando alguém e melhor ainda; quando a quem se ama está te amando também! Maravilha, amar e ser amado! É a melhor coisa do mundo! Um sentimento dos céus! Maravilhoso, o verdadeiro império dos sentidos! Se tem coisa melhor, ainda não conheço, não inventaram e não me disseram! Mas, cuidado para não transformá-lo numa propriedade mental, numa posse, tipo: você é meu, você me pertence, se você não for meu não será mais de ninguém ou coisas similares! É aí que mora o perigo, amor não é posse é sentimento, e dele o dar é doação. E com certeza sentimento não é criado, ele nasce do nada como pode acabar do nada. Acontece sim! Há quem afirme: que o verdadeiro amor nunca acaba. Em parte eu concordo; ele pode não acabar, mas pode deixar de se materializar por razões mil! Agora, avalie seu amor, ele é possessivo? Para avaliar o amor, eu particularmente tenho uma regrinha básica bastante simples: certifique-se da qualidade desse sentimento. Analise na sua "essência maior" seus benefícios. Ao menor sinal de pertubação mental, tipo: briga, sofrimento, insegurança (ciúmes) gerador de cobranças ou desconfianças exageradas para com o outro, cuidado! Comece imediatamente a se policiar! Reflita no que está acontecendo com você. Coloque na cabeça o “bom amor” é aquele que trás refrigério para sua

Mário Augusto de Souza
alma (trás paz, alegria e felicidade sempre!).
Faz bem a matéria e ao espírito. A primeira meta a buscar é dar razões evolutivas aos seus sentimentos. Você me perguntará como assim? Eu te respondo: Não deixe que seu amor te domine, tome posse de você! Reaja! O amor possessivo é uma faca de dois gumes, além de querer ou tentar dominar o outro ele te domina primeiro! Você na verdade é a primeira vítima dele. Você fica totalmente dominado(a). Suas razões caem para a irracionalidade. E dentro deste contexto irracional você sempre tem razão! Fica cego(a) de razões! É capaz de cometer os atos mais insanos da sua vida! O amor possessivo pode chegar ao extremo da loucura: a sua própria destruição física(morte) bem como a do seu parceiro(a). Eu fico chocado, quando vejo nos noticiários alguém dizer: Ah! Eu matei por amor! Gente ninguém mata por amor! Mata pela insanidade mental da loucura! Mata pela “Doença do Amor Possessivo”! Amigos, o amor possessivo é uma doença, sim! Começa do nada e se expande a ponto de dominá-lo(a). Se você está com esses sintomas em relação ao seu relacionamento, procure colocar limites no seu amor! O único domínio que o amor pode exercer sobre você é o da felicidade! Mas se você já estiver dominado pelo “amor possessivo”, procure ajuda psicológica imediatamente! Coloque na sua cabeça que o amor possessivo é uma doença, sim! E o pior destruidora, mas lembre-se tem cura! O “bom amor” é aquele que trás sempre refrigério para sua alma (trás paz, alegria e felicidade)! Com ele você é pura alegria é tudo de bom! Se isso, porém não ocorre, reflita sobre “esse amor” imediatamente e procure ajuda se necessário for!

Eu sou pragmática e você muito sensível

Uma certa feita, alguém me afirmou: eu sou pragmática, você é muito sensível! Pragmático é que ou quem revela um sentido prático e sabe ou quer agir com eficácia. Será que a vida tem fórmulas certas para agir ou ser? Será que ser prático é ser eficaz na vida? Será que não estão confundindo ser pragmático com ser indiferente, ou com ser muito aferrado aos seus próprios interesses ou até mesmo com uma doença egocêntrica ou física? Tem momentos de decepções ou compreensões não com a vida, mas com os que fazem a vida! Há uma preocupação eminente e intensificada aos seus egos! O egocentrismo não é pragmatismo! Mas nesse caso pragmatismo torna-se egocentrismo, ambas são a mesma coisa. Tal pragmatismo torna a pessoa desencantada e muito distante da esfera da felicidade ou da própria realidade por razões e motivos mil! Por isso tais pessoas costumam apresentar dois quadros distintos de personalidades nas suas vidas: o real e o pragmático. O pragmático pode provir de uma doença ou das dificuldades vividas pela sobrevivência ou mesmo ambas. Ou outras variantes psicológicas, aqui não abordadas. Essas pessoas, ditas pragmáticas, geralmente criam suas casas de vidro e nelas adentram compelidas pelo medo de toda sorte de razões, na qual se sentem ameaçadas o tempo todo por todos! Elas se sentem fragilizadas o tempo todo! Tem medo que sua proteção, seus domínios, seja invadida ou mesmo violentada! Nos seus domínios costumam ser autoritárias, dominadoras, apresentam ser pessoas fortes e poderosas, pessoas de fortes personalidades, mas a verdade é bem outra essas pessoas são oprimidas que sempre fogem da realidade da vida pelos seus medos e motivos! Para elas a realidade da vida são suas próprias e únicas vidas. Constroem seus próprios mundos e se escondem neles. Vivem nas suas redomas de vidro. Procuram esconder, na verdade, seu estágio de carência afetiva, emocional e de atenção. Tem medo de serem dominadas pelas ameaças imaginárias das suas mentes, se isolam e ao mesmo tempo buscam alguém para compartilhar dos seus medos e manias ( pessoa muito amiga ). Da mesma forma que se isolam tem medo do abandono ( de serem esquecidas ). No estágio de pragmatismo ou egocentrismo essas pessoas são indiferentes para sentimentos, são pragmáticas mesmo, tipo: amor se faz na cama, depois é foi bom! Sente alguma coisa? Não, até próxima quem sabe! Sentimentos só tem sentido se convertidos em ação! Essas pessoas procuram se esconder por trás de motivos criados para justificarem esse tipo de comportamento: Ah! Eu não tenho tempo para sentimentos, isso é para os desocupados que acham tempo pra isso! Eu sou prática, eu sou pragmática! Imaginem como as pessoas jogam suas vidas literalmente no lixo. Observem que elas tem tempo pra tudo, mas nunca pra elas mesmas, para seus próprios sentimentos, para sua própria felicidade. Simplesmente seus encantos, suas felicidades, seus amores são exterminadas pelo desprezo a elas mesmas. Pra elas sentimentos são descartáveis algo sem importância alguma, existe por existir. São pessoas notadamente frias de sentimentos. A esperança é que essas pessoas acordem, antes que seja tarde demais, e não velem ou chorem suas próprias mortes executadas por elas mesmas.
Como falei antes essas pessoas possuem duas personalidades nas suas vidas: o real e o pragmático, o pragmático acabei de falar... Essas pessoas tem surtos de personalidades ( Crise de Personalidades ), suas personalidades mudam, predominando o quadro pragmático. Já o lado real da personalidade apresenta como pessoas maravilhosas, que valorizam os sentimentos, são pessoas sensíveis e lindas uma pena que essas mudanças duram no máximo um ou dois dias... Quem convive com esse tipo de pessoa sabe do que estou falando!!! É muito difícil ter uma convivência pacífica com essas pessoas. Elas são extremamentes diferentes das pessoas normais. Brigas vão rolar mesmo! Se você não ama de verdade ou só gosta eu aconselho ser somente no máximo amigo e nada mais além disso, caso contrário você vai ter muito com que se aborrecer! Vai ter muito dor de cabeça! Se porém ama, faça um curso de paciência, tolerância, compreensão (pois vai precisar mesmo) e deixe seu amor falar mais alto e boa sorte! Acostume-se ouvir: Eu sou pragmática, você é muito sensível. Nós somos muito diferentes! Agora saiba que ser sensível não é um defeito é uma qualidade que poucos têm!

Mário Augusto de Souza

Amor é uma palavra fria ou quente?


















Amor é uma palavra fria ou quente?
As vezes um sentimento tão longe,
Quando perto buscamos o motivo além,
As vezes o amamos, outras nos enfrenta,
Provoca revoltas, ou melhor nos domina,
Pra quem não gosta de ser dominado é um terror,
Tenta-se escapar, procura-se rotas de fuga,
E chegamos a conscientização tão simples,
Que seu dominio só faz bem a alma,
Quem ama na verdade não é você matéria,
É a sua vida real a qual vive prá sempre contigo,
Nossa carne e osso é nada, é uma passagem...
Pobre e curta de sem poderes algum...
Dominado passamos a amar...
Amar...
Não passa de simples materialização da posse... da posse da alma!
A melhor opção de fuga, não existe..
Ela a alma tem suas almas amadas há muito...
O melhor é não se esconder dela... aceitá-la... ou sofrer...
Sendo uma matéria infeliz em todos os sentidos....
O amor é toda sincronia harmoniosa de matéria e espírito...
Gerador de enérgia ligado à ressônancia universal do Poder...
Amar é fazer-se mais feliz dos felizes...
É por isso,
Que o amor é algo que não esperamos e nem buscamos,
Só temos certeza da sua existencialidade,
O amor é a sincrônia harmoniosa de matéria e espírito,
Ressonante universal do Poder,
Gerador da maior força enérgetica,
Ligando a Terra aos Céus! ( Ou melhor ligando dimensões diferentes )

Mário Augusto de Souza

Com rosas lhe dei até à minha alma

Com rosas lhe dei até a minha alma,
Levantei todo castelo,
Faria de princesa, rainha,
Mudaria o mundo,
Levantaria o universo,
Todo o impossível seria possível,
Quando se quer bem não machuca,
Porém,
Quando machuca a ferida é profunda,
Demorada é a cura,
Perdoa-se até,
Ignora-se até,
Por segundos, horas, dias...
Mas a alma chora,
Pois quando se ama, se cuida.
Com rosas lhe dei até à minha alma!

Mário Augusto de Souza

Sou poeta alegre, cínico e cego

Eu navego nas tempestades da vida,
Eu respiro o ar sujo das sujeiras humanas,
Eu sou a trovoada, do relâmpago que já foi,
Eu sou o abismo no infinito da minha inconsciência,
Eu sou o que resta,
De vida, farrapos,
Eu sou alegria, confundiram-me com ilusão,
Sou a desarmonia já no passado de uma mulher,
Eu fui um forte, destruído pela beleza da poesia,
Eu sou o que sou,
Sou poeta alegre, cínico e cego,
Cuja a cegueira e cinismo são a minha consciência conveniente.

Mário Augusto de Souza

Lembrei de você, Maria!
















Caminhava na sua direção,
Você como estrada, e eu como aventureiro...
Caminhava... Caminhava...
Buscava o que ainda restava-lhe...
Restava-lhe brilho da lua,
A lindeza de uma beleza perdida,
Fragilizada, sofrida, mas ainda sorria.
Ai como detesto o em, EM, em o quê...
O EM de Embora Melhorasse ou o
EM de Estou Melhor sem estar...
Retorcida e misturada de eus,
Um que a atormenta por horas
E outro que a seduz de alegria por segundos...
E eu como aventureiro desiludido de razões,
Passo verdadeiramente a amar...
Amar a você... ,
Amar a você como um sempre...
Amar o impossível ou só amar por dois...
Por mim e você....
AH! Ingratidão de vida...
Você não merece sofrer tanto,
Amor da minha vida...
Eu choro suas lágrimas,
Eu agonizo as suas dores...
Eu me faria de ti pra ter a ti...
A vida, às vezes, nos trás incertezas,
Mas, o poder do amor nos dá toda a força para vivê-la.
Meus sentidos caminham e se perdem de você,
Não nos seus horizontes,
Mas nas suas esperanças vencidas pelas dores...
Caminhava... Caminhava... desesperado caminho..
Eu por ser o ser menor,
Ainda que faça o melhor pra você, ainda é pouco.
É egoísta, é mesquinho, é ordinário achar conserto,
Pelas forças de um sentido sentimentalista.
Aborrece-me aspirar cura e curas
E o que mais vejo doenças... doenças...
Espalhadas na mente do corpo,
Transfigurando sua alma em nada... nada.
Será Senhor o que eu sinto é nada por nada?
Será que o nada, nada também por mim?
Quanto amor eu hei de derramar na Terra,
Para que floreça novamente você?
Quantos dias se farão mortos,
Para num segundo viveres a eternidade sua?
Quanta paixão há de morrer,
Ficarão frias, ultrajadas pelas suas emoções adormecidas na dor,
Perdidas de desilusões não acometidas,
Por saber e não aceitar que do pó viestes e do pó tornarás.
Como nada sei do que mais sei,
Saberei dizer por saber que tudo sei de você,
Esse infinito amor que sinto por você,
Amada sempre querida,
É pouco, ainda que nos restasse uma eternidade para vivê-lo.

Mário Augusto de Souza

Nunca diga a quem ama o que não gostaria de ouvir

Eu hoje vou falar, de causa própria, porque o amor esfria!
Todos nós voluntariamente ou não,
Nos amamos acima de qualquer coisa terrena,
Somos verdadeiros apaixonados por nós mesmos.
Num relacionamento falo homem x mulher,
Quando há um tratamento pleno de respeito, afetividade, compreensão,
E um interesse maior por ambos de se fazer sempre o companheiro feliz,
A relação prospera....
Mas jamais decepcione seu lado amado, com seu próprio ser,
Tentando ser melhor do que ele seja qual o aspecto for,
Procure sempre amá-lo compreende-lo e dedicar-se a sua felicidade,
No amor não existe "Eu sou melhor",
Existe somos melhor no que fazemos de bom um para o outro,
O amor é a arte do viver, do saber compreender, do ouvir, da amizade plena...
Se esses requisitos são respeitados... o amor prospera...
Quando você distrata, causa constrangimentos ou perde o respeito pelo parceiro...
Você na verdade tá ferindo-o no seu amor maior o dele próprio,
Desencadeando um desequilíbrio irreversível de uma relação a dois...
Como consequência direta o rompimento absoluto de tudo... tudo mesmo!
Até a amizade nesse aspecto muitas vezes dança,
Pois saiba que ninguém gosta de ser humilhado, comparado como um fraco,
Sem objetivos, sem determinação, repetitivo, chato...etc.,
Nunca diga a quem ama o que não gostaria de ouvir...
Pois é a lei da ação e reação,
Na prática só se recebe o que se dá,
Se você é uma pessoa carinhosa, amorosa,
Você sem dúvidas receberá também muito amor....
Nunca diga a quem ama o que não gostaria de ouvir...
Jamais!

Mário Augusto de Souza 28/01/2009

Plenitude insaciável

Nós somos a noite que se faz dia,
Nós somos o encaixe quase perfeito,
Pois a perfeição, estar no andar de cima,
E a porta de entrada é estreita...
Infelizmente apesar de todos terem a chave da porta,
Poucos a buscam,
Por ignorância ou não da Criação Sagrada,
A Criação nos fez e o aceitamos acima de tudo,
Louvado seja o poder de EU SOU...
Que plantou seu amor sobre nós.
Amor,
Que nos transforma a todo tempo,
Em pessoas melhores,
Ou piores pela própria imperfeição do ser,
As criaturas livres,
Civilizadas do Senhor...
Da pureza da alma,
Nós somos,
Amantes, sonhadores, idealizadores,
Idealizados pela Luz da certeza,
Pérolas sagradas dos céus,
Presente dado ao mundo,
A mim a você, a nós, a todos, amor.
Cujas limitações materiais,
São superadas pela imaginação inteligente,
Fundidos pela tecnologia da fala do amor,
Viajantes do tempo,
Amantes hospedados no coração da alma,
Passado somado ao presente,
Projeta felicidades,
Projeta Desejos,
Projeta prazer,
Projeta bem-estar,
Projeta amizade,
Projeta dedicação,
Projeta cuidados,
Projeta harmônia,
Projeta saudades,
Projeta amor, simplesmente projeta amor,
Infinitude sentimental,
Conteúdo completo de duas vidas,
Vidas vividas e perpetuadas do amor,
Amor puro, digno de ser amado na plenitude da insaciabilidade da saudade.

Mário Augusto de Souza 27/12/2008 às 9:40 am

A falsidade como causa maior

Eu não gosto de gente falsa
Eu detesto a falsidade do ser
Tem criatura que mensura até a sua inteligência
Pela quantidade e qualidade das suas sacanagens
Quanto mais aprontam e se dão bem mais retadas são
Não interessa e não estão nem aí pra nada!
Quem se lascou se lascou dane-se! Vacilou dançou!

Assim caminha a humanidade
No apogeu da tecnologia de informações
A pobreza humana é cada vez mais abrangente
Com tanta violência com tanta falta de amor
Hoje se mata pelo prazer da perversidade
Se faz a maldade pelo egoísmo da vitória
Não se tem credibilidade mais em ninguém
Na verdade aprendemos desde cedo a não confiar em nada...nem ninguém.
A ter medo de tudo! Uma sociedade vítima do pavor do medo!

É como iniciei esse texto
Eu tenho abominação prá gente falsa
E o nosso mundo tá cheio deles....
Tem-se pavor, medo, insegurança por tudo e por todos
Temos pavor, medo até da nossa sombra de falsidade
Não espelha-se é traiçoeira é perversa e pervertida
Um fato chocante tão natural para nossa sociedade atual.
É normal é natural ser egoísta, mesquinho, falso........

O sistema é frio é cruel é real
Não se tem moralidade, segurança e ética mais em nada!
Pregar a palavra bíblica se transformou em Negócio da China
Verdadeiros estelionatários soltos pelas igrejas da vida....
Nem Jesus Cristo escapou dos golpistas...
Que sociedade afinal nós estamos formando.........
A sociedade do "Apocalipse Now"... uma sociedade pronta para a morte
Todos doidos insanos na própria destruição social...........
Uma bomba atômica feita do próprio ser auto-destruidor....

A causa maior de tudo "O Apocalipse" está na falsidade humana.......

Temos de combater isso gente.... acorda.......
Resgatem seu verdadeiro sentimento de amor!
Agora! Tá dentro de cada um... acorda....


Mário Augusto de Souza 20/01/2009 às 9:15hs



PTs e saudações

Tiraram-me até a mínima crença de acreditar...
Porque na minha Terra onde cantava os sabias...
Reina o paraíso dos ambiciosos e PT saudações e tantos mais...
No que me resta acreditar desses políticos brasileiros?
É duro saber somar o dois mais dois  e evidenciar o verdadeiro comandante da corrupção....
PTs saudações e muito mais...

Fugimos da ilha e regressamos aos sonhos

A partir daqui ou dali, onde naveguei, caminhos errantes,
Foi onde saboreei do melhor dos néctares...
Mas a vida é justa na sua injustiça breve e acaba...
Quão tão fascinantes são as descobertas por vir.
Ou como não verei o amanhã embora perdido já de saudades.
Seria o castigo da visão distante após o infinito?
Abraça vontade d'alma detenha-me do desconhecido,
Afasta pra longe esta ilha rodeada de incertezas...
Oh vida mãe, sou radicado a ti.
Não deixes aplacar saudades de ti, se existires.
Quantos infinitos há sustento do imaginar?
Profundos obscuros do que é verdade ou sonhar.
Acalma com a calmaria que fazes de calmante o que é turbulência...
Ou caminhos errantes ou felizes caminhos certos exclamativos.
Se ser errado é ser feliz então sou o certo caminho errante interrogativo!
Afinal pra onde é o caminho que nos levará para a estrada da felicidade?


Almas mágicas

Penetra no coração com viva alegria,
Iluminando a alma de paz da criação,
Atinge de sobremaneira a palavra mental física,
Na sua inteligência máxima,
De Criador criatura de essência superior,
Digna da própria existencialidade,
Criada para preservar a sua própria imagem e semelhança,
Um sentimento puro para os escolhidos,
Porém doado a todos de bom coração,
Pois todos que nascem são boas criaturas.
Não há nada superior a este sentimento,
Para os que o conhece o preservam... e o cultivam...
Um sentimento que une almas na onipresença mágica,
Inesplicável explicar "esse algo" sentido e entranhado,
Tão grandioso e dinâmico de universos infinitos,
Uma força, uma razão, um conceito,
Uma irracionalidade racional integrados ou soltos,
Porém na virtude de existir por ser sentida,
Não há solidez material só espiritual,
O homem não tem controle para limitá-lo ou criá-lo ele é livre,
O homem é envolvido e dominado por ele sem liberdade alguma..,
Porém a magia ao sentí-lo,
O transforma na plenitude de universos infinitos único,
Expresso em tão simples palavras mágicas,
Eu te amo!

Mário Augusto de Souza

Por que me sinto assim no passado?

Eu sou assim, quando vejo uma fotografia daquelas antigas em preto e branco, me dá um aperto no coração, uma saudade profunda, uma sensação de perda, uma vontade de viver aqueles momentos. Todos esses sentimentos despertam minhas lágrimas d'alma é como se eu não pertencesse a esse mundo que agora vivo. É como se nesse corpo tivessem vividos outros corpos que não me pertencem mais e me chamassem de volta. Será o que sinto é pura criação dessa minha mente na sua infinitude imaginária ou realmente, ela, já viveu várias épocas em outros corpos carnais através do que se chama de espírito eterno evolutivo?

Por que eu tenho o maior medo de faca? Já tive sonhos em que eu me via sendo esfaqueado e morto por outra pessoa - até pouco tempo eu pensava que eu tinha visualizado alguém esfaqueando alguém quando criança - mais hoje eu descobri que na verdade quem morreu fui eu. Uma viagem louca não controlada, onde o profundo eu dão cartas do que se senti, e me levam na profunda tristeza da saudade do que já não existe mais. Procurei por muito tempo me esquivar desse sentimento, mas agora eu procuro enfrentá-lo e crer realmente que neste espírito já navegaram vários corpos. É essa a única explicação plausível para aceitar as minhas saudades do passado.

Se alguém tem essas mesmas sensações e sentimentos do passado, por gentileza sintam-se a vontade para exporem as suas experiências ... comentem! Sintam-se livres! As suas experiências são muito importantes para mim.

Mário Augusto de Souza

Fonte: http://www.duasrosas.com.br/news/20111220-sinto-assim-passado.php


Quando o sorriso chora, há sempre uma tristeza a sorrir.



Quando o sorriso chora,
Há sempre uma tristeza a sorrir.
Ocultar-se, na obscuridade refugia-se...
Entre ondas há um mar morto...
Criativo e sagaz ora chora ora sorri...
Quem dera fossem sangue de águas cristalinas.

Quando o sorriso chora,
Há sempre uma tristeza a sorrir.
Tão penoso é acordar morto...
Tristeza agora, é viver longe dos sonhos...
Distante das saudades, morador de vidas...
Quem dera fôssemos sangue de águas cristalinas.

Quando o sorriso chora,
Há sempre uma tristeza a sorrir.
Não a esperança! Ou não há mais?
Germinativos,  avassaladores  labirintos...
Escravizam a pureza inicial da inocência...
Quem dera fossem sangue de águas cristalinas.

Como  interpretar sentimentos ou sentidos direcionados do extrato puro do dia a dia de nossas, às vezes, "pobres criações de vida". Como relaxar a alma das mentiras? Talvez, diluindo-as em águas cristalinas. Já que, em cruz, crucificado foi o perdão!

Em fase de criação...

------------------------------------------------------

Tradução do vídeo

O Jogo de fazer chorar
Boy George

Eu sei que há um jogo que faz agente chorar
Eu tive minha parte neste jogo de chorar

Primeiro há beijos, então há suspiros
E então antes de você saber, você já fez!
Você então diz adeus

Um dia eu vou contar a lua sobre o chorar
neste jogo
E se ela souber talvez ela me explique

Por que há preocupações, por que há lágrimas
E o que fazer para deixar de sentir tristeza
Quando o amor desaparece

Eu sei que há um jogo que faz agente chorar
Eu tive minha parte neste jogo de chorar

Primeiro há beijos, então há suspiros
E então antes de você saber, você já fez...Você então diz adeus

Não quero mais jogar este jogo de lágrimas
Não quero mais jogar este jogo de lágrimas
Não quero mais jogar este jogo de lágrimas
Não quero mais jogar este jogo de lágrimas


Eu te amo, Maria!

Eu te amo, Maria!























Eu digo que te amo em três simples palavras...
Eu te amo, Maria!
Pode ser dito nas segundas nas sextas ou nas quartas...
Eu te amo, Maria!
Como nas terças aos sábados ou nas quintas...
Eu te amo, Maria!
Aos domingos e como todos os dias...
Eu desperto na presença viva da sua poesia.
Como benção apoteótica e mágica da vida,
Meus segundos, horas e dias,
Jamais existiriam,
Se eu não pudesse te dizer:
Eu te amo, Maria!

Mário Augusto de Souza

O meu pensar com o teu sentir

Escrever é um estado natural de liberdade,
É um voo às alturas ou uma queda aos abismos da vida...
Escrever é viver ou sentir o que sou pelo querer da vontade...
Expressar corações.
Amar a mulher complexa e bela.
Chorar nos momentos tristes e alegres.
Escrever na verdade me enche de poder, do poder de liberdade.
Escrever é a minha liberdade das minhas limitações como matéria.
Escrever é viajar nas dimensões universalmente desconhecidas
Escrever é saber que meu maior amor é a mulher mais linda do mundo.
Aqui eu expresso a minha vida como ela realmente é.
Nada pode inibir ou proibir meus motivos de agora escrever,
Escrevo as vezes como forma ou fuga ou procura ou clamar a quem de direito possa ler, sentir e mudar seu verdadeiro amor de vida e expô-lo a sociedade o quanto nos amamos ( o meu pensar com o teu sentir).

Mário Augusto de Souza 11/05/2009 às 10:10hs

A liberdade é colibri por assim o ser

A liberdade é colibri por assim o ser
Voa por saber voar, beija a flor por saber beijar...
Não posso mais lhe dar a flor dos meus sonhos,
Nós colibris! A própria liberdade!
A liberdade aportou de forma escrava.........
Aprisionou a verdade das suas vertentes......
Me deixou livre aprisionado de liberdades...
Me encucou a minha cabeça! Quase parou!
A liberdade é colibri por assim o ser
Voa por saber voar, beija a flor por saber beijar...
E há momentos que a liberdade é solidão
Não é também tão cheias de sentidos como se colocam
A liberdade não pode ser rotulada como "LIBERDADE"
A liberdade é colibri por assim o ser
Voa livre na direção incerta à flor desejada
Onde o doce do néctar é diferenciado
Pela beleza ou não da flor... Não existe regras!
É muito fácil colocar liberdade na cabeça
Dificilmente seremos tão livres como queremos,
Ou melhor dificilmente seremos colibris...
Eu agora me sinto colibri como poeta,
Livre para expressar os meus sentimentos
Faço meu voo conforme penso
Porém preso a eles, sentindo eles,
As vezes feliz outras vezes infeliz... É a vida
É o ser que na verdade não é colibri
Mais um aprisionado dos seus problemas mentais.
A liberdade é colibri por assim o ser
Livre das masmorras mentais humanas
Complexos estabelecidos entre o que é certo ou errado....
O que é felicidade ou sofrimento...
Um verdadeiro inferno mental que nos aprisiona
E que jamais seremos verdadeiramente colibris...
É por esse motivo relativista momentâneo...
Que posso sem sentimento de culpa alguma
Afirmar que a liberdade do ser humano é digna de pena...
É uma liberdade especulada e rotulada... uma droga!
A liberdade sim, é a do colibri por assim o ser
Voa por saber voar, beija a flor por saber beijar...

Mário Augusto de Souza 19/01/2009

Carinho, sinceridade e respeito

A vontade de sumir neste momento,
Seria como uma fuga a lugar nenhum,
Permanecer neste estágio vazio de vida,
É ser a cruz entre a vida e a morte...
Afirmando o sofrimento profundo de uma amargura...
Amar é um brilhante lapidado com carinho, sinceridade e respeito,
Onde a alma reluz seus encantos, fantasias e desejos...
Quanto mais brilhante é o sentimento do amor,
Mais forte, harmonioso, equilibrado e inseparáveis,
São os sentimentos de carinho, sinceridade e respeito pela pessoa amada!
Mas quando um destes elos é rompido aporta o sofrimento da decepção,
E a vida morre num vazio momentâneo sem causas comparáveis ou justificáveis,
Simplesmente acontece do nada para absolutamente nada acrescentar,
O maior deste momento é a pessoa negar-se a si própria,
Ou melhor criar uma verdade mentirosa para seus atos conscientes...
Se ator ou atriz dignos e merecedores do Oscar Hollywoodiano da Pena!
Aplaudir a quem de fato ou de direito pelas suas falhas, não!
Mas colocar para elas quando verdadeiramente as amamos,
Nosso carinho, nossa sinceridade e o nosso respeito sempre!
Se pequei peço perdão,
Mas saiba que sempre tentei acertar ao máximo para sempre fazê-la muito feliz!
Mas infelizmente imperou as nossas faltas! Desnecessária!
Eu não sou dissimulado!
Você sabe que pode contar sempre comigo! Eu te amo muito de verdade!

Mário Augusto de Souza 11/06/2009 às 07:23

Quem é digno de amor?


Quem é digno de amor?
Você, eu, Maria, José....
Talvez o universo por ser desconhecido!
Por ser puro e infinito da beleza plena existencial?
Ou quem sabe extra terra e reino?
Mas nós, humanos, não somos merecedores de nada...
Podres como a própria carniça que exalamos...
A lata de lixo é um bom lugar prá todos...
Que pisam no sentimento melhor do existir...
Ou melhor fingem algo que não são...
E o pior de tudo pensam que são os mais capazes
Idiotas anônimos - precisam de cura urgente!
E nós prá eles meros ignorantes ou burros mesmo!
Porém meus caros
A sociedade se perde nos seus próprios valores já distorcidos...
Não existe mais ética, respeito, a mentira predomina...
A integridade moral é comprada é vendida nas esquinas e bares...
A burrice é proporcional a compreensão dos ditos capazes....
Multiplicada pela sua estupidez e de igualdade mais burra...
Definir estupidez é comparar inteligência com intolerância
Ou melhor a ponto de fundí-los na própria irracionalidade animal
Eu via um mundo poético mas percebo já transformações e mutações
Enxergar a beleza da vida é uma droga que faz mal prós ditos sábios,
Um sentimento desprezível, que incomoda a muitos, sem valor, que faz mau...
Por ser transformistas das minhas razões
Melhorando gradativamente a minha própria irracionalidade vital
Por momentos impensados, ter abraçado a ruindade da vida...
Fujo hoje num desespero maior da minha própria liberdade
Material, espiritual, intelectual e o melhor nunca esquecer
Naquilo que transfiro para o papel a realidade de uma vida,
Que tem tolerância respeitosa com o sentimento maior da vida!
Vocês ditos inteligentes sabe qual é?
Se sabe não falem - POXA PODE PEGAR MAL!
Sentimentos afinal é uma forma de expressão dos fracos... Será?

Mário Augusto de Souza 19/01/2008

Regras da Vida


















Morro hoje na saudade de amanhãs,
Vivo agora na esperança daquele amor...
Perco-me nas horas, passam como segundos,
Nada prospera o mundo parou; tudo inerte...
Falta-me o complemento da alma, a metade,
Os sentidos estão possessos dos seus desejos,
Não tenho mais controle algum, estou entregue ao acaso...
O sofrimento é meu tempo, o meu espaço, o meu lugar... a minha nova morada.
Sou algo que não mais sou eu, sou a negação da racionalidade,
Sou controlado pela dor e comandado pela saudade,
Falta-me autonomia, falta-me vida!
Reagir é preciso, ouço sua voz ao telefone,
Choro minhas lágrimas pelo seu desprezo!
Mas abranda-me, suaviza-me a consciência e há reação,
Preciso me fazer necessário a minha vida,
Amar, amar a mim, trafegar na contra-mão dos meus sentidos... lutar!
Encontrar um novo abrigo para a dor com o seu próprio desprezo...
Se desprezado és, desprezado sente-se, desprezo possui!
Use-o na forma indireta dos seus sentidos, duplique seu eu, dobre seu amor,
Transforme-o e substitua pela metade vazia, complete-se!
Afinal tudo na vida, tem inicio, meio e fim... Tudo!!!
E nada, ninguém se faz exceção a essa regra da vida, absorva-a!
Faça das suas saudades momentos de felicidades... e não de tristeza,
Afinal se tens saudades é porque tivestes momentos plenos de felicidades...
Ninguém tem saudades do que não presta, materialize saudade com felicidade...
E volte a ser comandado pelo seu próprio amor! Ame-se!

Mário Augusto de Souza

O Pássaro Chamado Felicidade

Foi num inesperado dia de outubro de 2008, pela tarde, que um canto melodioso invadiu meu quarto e tomou posse dos meus sentidos. Curioso fui até à sacada da janela e vi, pousado em pose, num dos galhos da mangueira um pássaro preto e amarelo comandando a sua orquestra maravilhosa composta da mais fina harmônia. Fiquei prostrado como plateia, encantado com o show dedicado com exclusividade a minha pessoa. Lembrei-me da juventude, fui ao passado e revivi o mesmo canto, que outrora, fizera tanto bem a minha alma, corpo e espírito. Na natureza o pássaro chama-se Sofrê, mas no meu coração ele passou a chamar-se “Felicidade”. Felicidade vinha todos fins das manhãs e das tardes premiar-me com alegria do seu canto melodioso. Felicidade dava seu show e me fazia muito feliz. E eu como o seu escolhido “espectador” a fazia muito feliz, também. Felicidade passou a ser parte necessária da minha vida e eu da dela. Ela com seu canto e eu como seu maior admirador. Um dia fui pra debaixo da mangueira onde Felicidade costumava vir e cantar, e pra minha surpresa e susto ela pousou no meu ombro e começou a cantar, parado estava, imóvel fiquei. Ela cantava e bicava meu pescoço delicadamente como se me beija-se! Estendi a mão pra ela, e ela veio. Delicadamente lhe fiz carinho. Ela aceitou, fechou os olhos e dormiu. Antes de alçar voo para sua liberdade, me bicou no rosto como um beijo de até logo. Passamos a ser mais do que amigos, agora já somos irmãos. Nos amamos na expressão das possibilidades, mas nos amamos sim! Felicidade trouxe felicidade, dando direção e sentido a vida! Passei a amá-la verdadeiramente, por isso nunca mais, o meu amor vai deixar FELICIDADE ser chamada de “SOFRÊ”!

Mário Augusto de Souza

O óleo e a água

O óleo não se mistura com água, e na bondade filosófica do amor, o óleo achava que os dois poderiam se misturar sim! O óleo ama a água, e achava que a água o amava também. A água um dia falou pra ele que o amava muito. E houve troca de afetos e amores! O óleo acreditava que o amor deles era suficiente pra tudo, mesmo o impossível seria possível, o seu amor seria capaz de tudo! O óleo acreditou nessa mistura piamente, e foi longe demais na sua construção! Até tentou derrubar às leis da química, imaginem! Posso chamar o óleo de sonhador! O óleo depois de muitas tentativas de misturar-se a sua amada água... mesmo mostrando a água as inúmeras possibilidades para uma mistura... percebeu que só ele tentava inutilmente essa mistura... o óleo já cansado e triste, todo desiludido no alto da sua solidão, tomou consciência daquela impossibilidade e decidiu conservar aquele amor no seu coração pra sempre. Separando-se e isolando-se completamente da água e de todos. O óleo em homenagem ao seu próprio amor isolou-se completamente do mundo, só dirigindo-se ao próprio através da escrita. E ninguém mais viu o óleo pessoalmente ou ouviu a sua voz. O seu silêncio ecoa e conservará seus sentimentos eternamente. Não mais importa a mistura com a água e sim os sentimentos que ele tem por ela.

Mário Augusto de Souza

Meus outros motivos de escrever

Há algo que me leva a escrever, não sei se são meus sentimentos ou os seus dos meus eus viajantes... Não há o que pensar, só enraizar meus sentimentos dos seus desejos a parte : o que são sinceramente o clarear d'alma aplicado a você! O que sou, meus eus viajantes interplanetários das minhas nossas ilusões ou sonhos que ainda não chegaram ao sono da vida. Sou um viajante errante perdido na infinitude desse meu vazio coração, a parte só vê a inconsciência dos que teriam que ter razão para o melhor, e são tão cegos-pobres-desejantes da luz dos seus motivos... Aqueles que escravizaram o egoísmo na consciência das suas liberdades.
E eu quem sou? A consciência sonhadora da luz prismatizada ao universo dos vossos inúteis corações do desdém....

Mário Augusto de Souza

Toda forma de amor é válida (Charlie Chaplin)


Esse vídeo eu amei! Transmite uma beleza tão pura, simples e singela do amor (Na sua essência maior)! Onde demonstra que o amor não importa ou depende do tempo; se passado, presente ou futuro ele sempre reinará não interessa de que forma ou como, ele é amor e amor imortal! Nunca deixará de existir.
"E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria"
(I Coríntios 13:2) Verdade da Bíblia escrita há mais de dois mil anos atrás.

Fuga para Saudades


















Sim, pensar na relatividade
Ou possibilidades do ser limitado ao abstracismo...
Transfigura-se
Expressão perdida e oculta-se a dor...
Como houve o tempo de presentes,
Há o tempo dos ausentes.
Ausentes por “este presente”.
Cuja realidade é ilusão da verdade...
Conquanto afastar-se é necessário...
Haverá dor, haverá perdas.
Mas teus presentes,
Guardarei para sempre,
Na minha fuga para Saudades.

Mário Augusto de Souza

Desintegrar a consciência e executar o sono


















Acordarei ou ainda maldito penso
Entre acenos doloridos
“levante descontrolado”
Empurrados sobre o ontem, hoje ou amanhãs.
Não existirá lugar ou aondes escondê-los

Enigmático como vivas dores sem cores
"Mergulhado na âncora dos sofrimentos"
Minha mente universo confuso, clama n'alma
Achar a infância perdida dos amores de uma vida.
Aqui, lugar perdido, vivo é o meu choro
Triste é o meu olhar, calado é o meu pensamento.

Desintegrar a consciência e executar o sono
Não acalmaria a tempestade do que falo calado
Nem retrocederia o tempo de tempos
Lagrimar no escuro dos amanhãs
Recriar novos tropeços e ir avante
Não firmaria necessitudes no plano desejado
Mas, abarcaria dúvidas e medos de novos presentes.

Mário Augusto de Souza

Canela de Velho – O chá milagroso para dores nos joelhos, coluna e articulações (Artrose)


Tratamento Natural da Artrose: A planta Canela-de-Velho tem sido um santo remédio para quem tem dores crônicas nos joelhos, coluna e articulações como artrose ( Inflamação nos joelhos – Inchaços ), bursite, dores reumáticas, da coluna, hérnia de disco e outras. A Canela de Velho é chá para artrose e muito mais... Se você está acometido de alguma dessas doenças, experimenta tratar-se com o chá de canela de velho e comprove, como muitos já comprovaram, a eficiência dos seus resultados...

A descoberta dessa planta e seus efeitos no trato medicinal começou pela minha vizinha, D. Margarida Almeida, aos 64 anos, sofria de artrose nos dois joelhos, os joelhos sempre inchados e doloridos à limitava de andar normalmente. Ela não andava se arrastava de dores – a verdade é essa segundo suas palavras. Ela narra que já havia procurado vários especialistas da área, fez vários tratamentos da medicina tradicional sem obter êxito algum – pelo contrário alguns medicamentos a base de corticóides contribuíram para o ganho de peso, complicando ainda mais seu quadro, segundo ela.

Eu pelas minhas andanças pelo interior da Bahia há cerca de uns 25 anos atrás, um dia sofri uma queda e meu joelho inchou muito e com fortes dores eu mal conseguia andar. E naquela região o hospital mais perto, estava a mais de 300Km. Eu estava naquele local trabalhando a serviço da antiga Telebahia (hoje a Oi) naquela época para deslocar até Salvador seria meio complicado pois tinha um cronograma a cumprir. Foi ai, que apareceu uma senhora com traços indigenas de um vilarejo e me deu um galho de uma planta de nome canela-de-velho e mandou que eu fizesse um chá com as folhas e tomasse pelo menos duas xícaras ao dia, além de banhar o local inchado com o chá... Eu meio cético fiz o tal chá das folhas da canela-de-velho. Tomei o chá e banhei o joelho inchado. No dia seguinte, para espanto meu, meu joelho já não estava tão inchado e as dores 'como mágica' haviam praticamente sumido. Continuei o tratamento por mais três dias e pronto - o joelho desinchou completamente. Maravilha! O que eu mais lembrava daquela planta era o nome de canela-de-velho e que a folha tinha duas cores diferentes a parte de cima era verde escuro e a parte debaixo era branca.

Voltando a D.Margarida – eu me lembrei desse acontecimento e relatei o mesmo para o marido dela. Ele imediatamente saiu a procura dessa planta e me trouxe um pacote cheio de folhas para confirmar se aquelas folhas verdes e claras eram mesmo a tal canela-de-velho que logo confirmei que sim. Ele fez o chá e deu uma xícara a esposa e banhou os joelhos dela com o mesmo... Prosseguindo o tratamento... dando diariamente duas xícaras de chá e banhando o local inchado...

Duas semanas depois, alguém me chamou no portão da minha casa - para meu espanto - era D. Margarida com o esposo que vieram agradecer, pois os joelhos dela haviam praticamente desinchados e as dores haviam sumido. Um mês depois D. Margarida voltou a sua vida normal. Eu consegui algumas mudas dessa planta e fiz um plantio dela no meu sítio. E essa plantação cresceu muito - devido a procura da mesma.

Essa planta tem ajudado muita gente com os problemas de artrose ( Inflamação nos joelhos – Inchaço ), bursite, dores reumáticas, dores de coluna, hérnia de disco e muitas outras.. Por essa razão, estou disponibilizando aqui no meu blog e na internet a foto com detalhes dessa planta, para que ajude mais gente acometido desses males. Para quem não tem esta planta na sua região, nós enviamos as folhas desidratadas, através dos Correios na modalidade PAC para qualquer parte do Brasil.

Enviamos folhas desidratadas para qualquer parte do Brasil em pacotes de 400g via PAC/SEDEX Correios

Comprar Canela de Velho: Para quem não tem essa planta na sua região e queira comprar Canela de Velho (Folhas Desidratadas), abaixo segue os meus dados para o depósito nas Agências da Caixa Econômica (Orientamos que utilize as Unidades de Auto-Atendimento da Caixa para sua comodidade). Para este tipo de operação não é gerado boleto é só copiar os dados abaixo e fazer o depósito nas Agências da Caixa.
Preço: Veja Tabela de Preços por Estado via PAC/SEDEX - O valor da tabela é o valor do produto mais o valor do frete por PAC ou por SEDEX 


Também pode ser feito Tranferência Entre Contas da Caixa ou mesmo fazer um DOC de um outro banco para minha conta da Caixa. Pode-se pagar nas Lotéricas mas o número de depósitos são limitados a três depósitos diários por conta.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------- 
O email para contato é o by.maugusto@gmail.com conforme está escrito - certo!


PAGAMENTO COM CARTÃO DE CRÉDITO OU BOLETO BANCÁRIO: O pagamento é feito através do Mercado Pago é só clicar no Botão Pagar abaixo.
Obs: No Cartão de Crédito a aprovação é instantânea e pode parcelar em até 12 vezes.
Pagamento via Boleto leva em média 2 dias úteis para liberação.
Preço no Cartão/Boleto R$ 70,00 mais o frete.
PAGAR COM CARTÃO/BOLETO R$ 70,00 + FRETE

O Boleto Bancário pode ser pago nas Lotéricas da Caixa ou Agências Bancárias

Tel: (71) 3252-7495
Email: by.maugusto@gmail.com

NOTA IMPORTANTE SOBRE A COMPROVAÇÃO DE PAGAMENTO: Se o depósito foi feito nas Agências da Caixa/Lotéricas, nos envie um email para by.maugusto@gmail.com com os dados extraídos do comprovante de depósito " DATA, HORÁRIO (HORA DF HH:MM:SS) E NÚMERO DA AGÊNCIA ". Ou nos envie o comprovante de depósito escaneado. Neste email nos informe também seus dados para o envio (nome e endereço). Estes dados também podem ser passados por telefone (71)3252-7495. Após a comprovação do referido pagamento, enviaremos imediatamente (no prazo máximo de 48 horas) seu produto pelos Correios via PAC.

Pagamento através do Mercado Pago via cartão de crédito ou boleto, o cliente irá receber a notificação, via email, do seu pedido de compra quando aprovado.

O envio por SEDEX o frete é integralmente pago pelo cliente a parte e é necessário que nos forneça o CEP antecipadamente para cálculo do seu valor.

Espero que essa planta possa ajudar a todos que sofrem e padecem desses males.


Espero que essa planta possa ajudar a todos que sofrem e padecem desses males.